#TodosPeloGerardo
#TodosPeloGerardo

AO VIVO

Acompanhe notícias do coronavírus em tempo real

Morre rapaz que descobriu câncer raro ao fazer teste de gravidez

José Gerardo Soares Filho encontrou tumor de células germinativas após falso positivo para gestação detectar alteração hormonal

O Estado de S.Paulo

05 de novembro de 2018 | 22h57

O estudante de Enfermagem José Gerardo Soares Filho, de 19 anos, morreu em Fortaleza na noite deste domingo, 4. Em janeiro do ano passado, o jovem cearense ficou conhecido após descobrir o diagnóstico de câncer durante uma aula em que fez um teste de gravidez por brincadeira.

Naquela oportunidade, o exame deu um resultado falso positivo ao detectar uma alteração hormonal ocasionada por um câncer raro, o coriocarcinoma. O tumor foi localizado no mediastino, região torácica do estudante. 

Segundo estudo do Hospital do Câncer A.C. Camargo, os coriocarcionomas primários são os tumores de células germinativas mais raros no mediastino e afetam homens jovens, de 15 a 35 anos. Um dos sintomas é a b-HCG sérica muito elevada, o mesmo hormônio cuja dosagem sanguínea é utilizada como teste de gravidez.

Após o diagnóstico, Soares Filho foi submetido a sessões de quimioterapia no Hospital Peter Pan, em Fortaleza. Apesar de uma melhora clínica, os exames já apontavam em junho do ano passado que a evolução não indicava uma recuperação suficiente para cura.

A família do estudante promoveu uma campanha na internet para cobrir custos de uma cirurgia para o jovem em São Paulo. A mobilização contou com apoio de personalidades como o youtuber Whindersson Nunes e o humorista Tirulipa Jr.

Tudo o que sabemos sobre:
câncerFortaleza [CE]

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.