Morte de bebês é investigada em Mogi das Cruzes-SP

A Promotoria de Justiça de Mogi das Cruzes, na Grande São Paulo, instaurou inquérito anteontem para apurar a morte de oito recém-nascidos na Santa Casa de Misericórdia local. De acordo com o hospital, os bebês morreram em novembro, superando a média mensal de três óbitos. Em função desse quadro, a maternidade do hospital não faz mais internação de gestantes desde o dia 16.

PRISCILA TRINDADE, Agencia Estado

25 de novembro de 2009 | 19h47

De acordo com o Ministério Público, devido aos indícios de "surto por infecção hospitalar decorrente da bactéria Klebsiela", também foi requisitada a instauração de inquérito policial para investigar crimes de homicídio culposo.

Segundo a Santa Casa, 12 gestantes foram encaminhadas entre os dias 23 e 24 para os hospitais Santa Marcelina, Santa Casa de Suzano, Doutor Osiris Florindo e Santana. O berçário da Santa Casa ainda acomoda nove bebês em observação, com a mesma infecção que vitimou os outros.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.