ALEX SILVA/ESTADÃO
ALEX SILVA/ESTADÃO

MP de São Paulo recebe mais de cem denúncias sobre casos de fura-fila de vacina

Casos são analisados e encaminhados às Promotorias de Justiça dos respectivos municípios; conduta pode configurar ilícito penal e ato de improbidade administrativa

Redação, O Estado de S.Paulo

29 de janeiro de 2021 | 20h25

O Ministério Público de São Paulo recebeu mais de cem reclamações sobre casos de fura-fila na aplicação de vacina contra a covid-19. As denúncias foram feitas à ouvidoria da entidade e contabilizados até a última terça-feira. 

Os relatos estão sendo analisados e encaminhados às respectivas Promotorias de Justiça, visando à responsabilização dos infratores. "Ao impedir a proteção dos grupos mais vulneráveis da sociedade, a conduta é prejudicial à saúde pública e pode configurar ilícito penal e ato de improbidade administrativa", informou o MP.

Qualquer um pode fazer uma denúncias sobre fura-fila de vacina. No Estado de São Paulo, elas podem ser apresentadas no por meio do site do MP no canal de atendimento ao cidadão. 

O Ministério Público informou que já encaminhou denúncias sobre esse assunto a promotorias para mais de 30 cidades do Estado. Os municípios com casos sendo investigados são São Paulo, de Águas de Lindoia, Amparo, Andradina, Araçatuba, Araraquara, Araras, Bauru, Botucatu, Bragança Paulista, Campinas, Diadema, Duartina, Ferraz de Vasconcelos, Guaratinguetá, Guarulhos, Jacareí, José Bonifácio, Lins, Lucélia, Mauá, Mogi Mirim, Monte Alto, Osvaldo Cruz, Ourinhos, Porto Feliz, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, Santa Bárbara D´Oeste, Santana de Parnaíba, Suzano, Urupês, Vargem Grande do Sul e Votuporanga.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.