EFE/EPA/KIMIMASA MAYAMA
EFE/EPA/KIMIMASA MAYAMA

Mulher com teste positivo para novo coronavírus aguarda contraprova em hospital do DF

Secretaria de Saúde do Distrito Federal ainda não revelou detalhes sobre o estado de saúde da paciente

Mateus Vargas, O Estado de S.Paulo

06 de março de 2020 | 15h47

BRASÍLIA - A mulher de 52 anos, no Distrito Federal, com teste positivo para novo coronavírus aguarda resultado de contraprova, para confirmar ou não a doença, em uma sala de Unidade de Terapia Intensiva (UTI)  montada no Hospital Regional da Asa Norte (HRAN), em Brasília. Estar na UTI não significa que o caso é grave. Salas de tratamento intensivo foram montadas em andar isolado do hospital no DF para receber pacientes com suspeitas da doença. 

A secretaria de Saúde do Distrito Federal não revelou detalhes sobre o estado de saúde da mulher. O resultado do exame positivo foi revelado na quinta-feira, 4. A contraprova está sendo feita no Instituto Adolfo Lutz, em São Paulo. A expectativa é que o resultado seja confirmado até domingo, 8. 

A paciente foi atendida na quarta-feira, 4, no Hospital Daher, no Lago Sul. Ela foi transferida ao HRAN no dia seguinte, pois a unidade está na lista de locais de referência do DF para tratamento de novo coronavírus.

A paciente com suspeita de novo coronavírus teve contato direto com dois familiares, que receberam recomendação de isolamento domiciliar.  A lista de passageiros que compartilharam os voos foi solicitada à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

A mulher esteve no Reino Unido e na Suíça. Ela começou a apresentar sintomas em 26 de fevereiro.

O Brasil tem 9 casos de novo coronavírus confirmados. Dois pacientes foram infectados dentro do País, ou seja, não são casos "importados".

Casos de coronavírus no Brasil 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.