Mulher de Taiwan que era alérgica ao sêmen do marido está curada e grávida

Doença pode causar erupções e fluxo de líquido branco após cada relação sexual; segundos os médicos, há cura para aquelas que decidem se tratar

Efe,

02 de maio de 2012 | 15h15

Uma mulher alérgica ao sêmen do marido, que sofria erupções e fluxo de líquido branco após cada relação sexual, e não podia ter filhos, agora está curada e grávida, anunciam médicos de Taiwan.

Segundo os especialistas, existem muitas mulheres que apresentam esses sintomas após realização de sexo, mas que não procuram atendimento.

Uma pesquisa feita pelo hospital Bo Yuan, localizado em Changhua, ao sul da ilha de Taiwan, aponta um número grande de casos, mas, segundo os médicos, há cura para aquelas que decidem se tratar.

"Existem estudos que ligam infertilidade às reações alérgicas, por isso é importante que todos saibam desses casos e procurem tratamento", disse o Dr. Cai Feng-bo, do hospital Bo Yuan. Após serem medicadas, as mulheres conseguem evitar as reações e manter relações sexuais normais, acrescenta o médico.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.