REUTERS/Patrick Doyle
REUTERS/Patrick Doyle

Mulher do primeiro-ministro canadense é confirmada com coronavírus

Sophie Gregoire Trudeau testou positivo e ficará isolada. Ela tem sintomas leves. Justin Trudeau também adotará o isolamento e, por enquanto, não passará pelo exame

Redação, O Estado de S.Paulo

13 de março de 2020 | 00h25

A mulher do primeiro-ministro canadense, Justin Trudeau, testou positivo para o novo coronavírus, segundo um comunicado oficial divulgado na noite desta quinta-feira, 12. "Sophie Gregoire Trudeau foi examinada hoje por suspeita de covid-19. O exame deu positivo", informou a nota emitida pelo primeiro-ministro.

"Seguindo recomendações médicas, ela permanecerá isolada no momento. Ela se sente bem, está tomando todas as precauções recomendadas e seus sintomas seguem leves", detalhou o comunicado. 

Quanto ao primeiro-ministro, ele informou que tem boa saúde e não apresenta sintomas, mas "como medida de precaução e seguindo conselhos dos médicos, ficará isolado durante um período previsto de 14 dias". Ele não será testado para o vírus. De acordo com o comunicado, o primeiro-ministro continuará assumindo plenamente seus deveres e fará um pronunciamento aos canadenses nesta sexta. /AGÊNCIAS INTERNACIONAIS

Tudo o que sabemos sobre:
Justin Trudeaucoronavírus

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.