Mulher morre após fazer cirurgia de lipoaspiração em Goiás

Lana Elisa Santos Gomes, de 35 anos, teria sofrido uma parada cardiorrespiratória; polícia investigará o caso

Priscila Trindade, do estadao.com.br,

05 Março 2010 | 15h53

Uma mulher de 35 anos morreu na madrugada desta sexta-feira, 5, após passar por uma cirurgia de lipoaspiração em uma clínica de Anápolis, interior de Goiás.

 

Veja também:

linkConselho quer guia de orientação para cirurgia plástica

linkLipoaspiração em consultório pode colocar vida de pacientes em risco

Segundo a Polícia Civil, Lana Elisa Santos Gomes passou mal após o procedimento. Ela teria sofrido uma parada cardiorrespiratória.

As causas da morte serão investigadas. A polícia aguarda os laudos do Instituto Médico Legal (IML).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.