Alex Silva/ Estadão
Alex Silva/ Estadão

Mundo registra mais de 25 milhões de casos do novo coronavírus

Marca foi atingida nesta madrugada de domingo, segundo balanço feito pela Universidade Johns Hopkins; Estados Unidos e Brasil lideram número de casos e mortes

Redação, O Estado de S.Paulo

30 de agosto de 2020 | 08h48

O número de casos do novo coronavírus no mundo ultrapassou a marca de 25 milhões na madrugada deste domingo, 30, sendo mais da metade dos registros no continente americano, segundo informações da Universidade Johns Hopkins que contabiliza no momento 25.029.791 casos, com pelo menos 842.992 mortes.

Em média, 4 em cada 10 casos são encontrados nos Estados Unidos e no Brasil, países mais afetados pela doença com 5.961.884 casos (182.785 óbitos) e 3.846.965 casos (120.498 óbitos), respectivamente. 

O ritmo da pandemia parece se estabilizar em todo o mundo, com um milhão de novos casos detectados a cada quatro dias desde meados de julho. 94 dias se passaram entre o anúncio do primeiro caso oficial China e o primeiro milhão de casos registrados no mundo. E mais 149 dias para ultrapassar os 12 milhões e meio de casos declarados, em 11 de julho. Desde então, o número de infecções dobrou, em pouco mais de um mês e meio, atingindo mais de 25 milhões de casos neste domingo.

No total, atrás da América Latina e Caribe (7.222.153 casos, 273.887 mortes), Canadá e Estados Unidos registraram 6.088.321 casos e 191.910 mortes, à frente da Ásia (5.060.936 casos, 96.124 óbitos), Europa (3.911.286 casos, 214.995 mortes) e no Oriente Médio (1.479.598 casos, 35.959 mortes). África (1.238.149 casos, 29.399 óbitos), o continente menos afetado depois da Oceania (28.807 casos, 641 mortes), registrou mais da metade dos casos na África do Sul (cerca de 640 mil). 

Brasil

O País superou no sábado, 29, a marca de 120 mil mortos por coronavírus. Apesar de a média móvel de novos óbitos estar caindo nos últimos dias, o Brasil atingiu a triste marca. No total são 120.498 mortes registradas e 3.846.965 casos. Nos últimos sete dias, a média móvel de novos óbitos foi de 889 a cada 24 horas por covid-19.

Nas últimas 24 horas foram contabilizados 38.302 casos positivos desde às 20h de sexta-feira e 904 novos óbitos, em dados de 27 Estados segundo o boletim divulgado às 12h59 no levantamento realizado pelo Estadão, G1, O Globo, Extra, Folha e UOL com as secretarias estaduais de Saúde.

Já o Ministério da Saúde informou que o Brasil contabilizou 41.350 novos casos e 758 óbitos nas últimas 24 horas. No total são 3.846.153 casos confirmados e 120.262 mortes por covid-19. Os números são diferentes dos compilados pelo consórcio de veículos de imprensa principalmente por causa do horário de coleta dos dados.

Índia

O país asiático, que acumula 3.542.733 casos e 63.498 mortes, anunciou neste domingo que registrou 78.761 novos casos de coronavírus em 24 horas, um novo recorde mundial. O recorde anterior foi em 17 de julho nos Estados Unidos, onde foram declaradas 77.638 novas infecções. / AFP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.