Carl Winebarger/Nasa
Carl Winebarger/Nasa

Nasa dá sinal verde para lançamento do Atlantis, apesar do mau tempo previsto

Serviço de meteorologia alertou que há 70% de chance de tempestade nesta sexta-feira

Efe

07 Julho 2011 | 11h31

Cabo Canaveral (EUA) - Os diretores de missão da Agência Espacial Americana (Nasa) decidiram nesta quarta-feira continuar com a contagem regressiva para o lançamento da nave Atlantis, apesar das más condições meteorológicas previstas para sexta-feira.

A equipe votou unanimemente por seguir adiante, mesmo depois de os meteorologistas da Nasa alertarem para a existência de uma tempestade que avança das Bahamas em direção à Flórida, mas ressaltou que a decisão final ainda não foi tomada.

O Atlantis será lançado na sexta-feira em uma missão de 12 dias com quatro tripulantes a bordo e mais de cinco toneladas de carga. O diretor de coordenação de lançamento do programa de ônibus-espaciais, Mike Moses afirmou que a nave "está em uma forma fantástica" e espera que o lançamento siga a programação prevista.

Já a porta-voz do serviço de meteorologia da Nasa, Kathy Winters, lembrou que uma tempestade tropical do Caribe vai entrar na Flórida e trazer grande quantidade de umidade tropical, que se estenderá nos próximos dois dias. Nestas condições "há 70% de possibilidade de tempestades" na região do Centro Espacial Kennedy, que podem afetar o voo.

Se o mau tempo atrasar o lançamento na sexta-feira, a Nasa tem outras duas janelas de oportunidade no sábado e no domingo, caso as previsões meteorológicas melhorem.

A carga da nave inclui o módulo multifuncional Raffaello e cinco toneladas de provisões e equipamentos científicos para abastecer à Estação Espacial Internacional (ISS). Além disso, transportará o experimento Robotic Refueling Mission (RRM), desenvolvido para testar ferramentas e tecnologias necessárias para reabastecer mecanicamente os satélites no espaço.

O comandante Chris Ferguson, o piloto Doug Hurley, e os especialistas de missão Sandy Magnus e Rex Walheim, formam a tripulação da última missão do Atlantis, que marca o fim da era dos ônibus-espaciais.

Mais conteúdo sobre:
NasaAtlantisespaço

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.