Nasa estende vida útil dos veículos exploradores em Marte

Os veículos contam com instrumentos para analisar a constituição geológica e a atmosfera do planeta

Efe

16 de outubro de 2007 | 04h55

A Nasa vai estender pela quinta vez a missão científica em Marte dos veículos exploradores "Spirit" e "Opportunity", anunciou nesta terça-feira a Agência Espacial norte-americana.  "Depois de mais de três anos e meio, o "Spirit" e o "Opportunity" estão mostrando sinais de envelhecimento, mas gozam de "boa saúde" e são capazes de realizar um grande trabalho científico", disse John Calas, diretor do projeto no Laboratório de Propulsão a Jato (JPL) da Nasa. Na época do lançamento, em janeiro de 2004, os cientistas acreditavam que os veículos não funcionariam mais do que 90 dias. Os veículos de seis rodas independentes posaram em extremos opostos do planeta e um de seus primeiros sucessos foi a confirmação de que Marte teve água em seu passado remoto. "Estamos muito felizes de poder aumentar a prospecção de Marte. Os veículos exploradores são incríveis e continuam produzindo resultados e funcionando além de sua vida útil prevista", assinalou Alan Stern, administrador adjunto da missão. Neste momento, o "Opportunity" está descendo por uma das encostas da cratera Victoria, enquanto o "Spirit" se encontra em uma planície vulcânica a quase 10 quilômetros de seu ponto de aterrissagem. Os dois veículos contam com instrumentos para analisar a constituição geológica e a atmosfera do planeta. Além disso, transmitiram à Terra centenas de milhares de fotografias da paisagem marciana.

Tudo o que sabemos sobre:
nasamarteveículos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.