Nasa prepara missão que vai mergulhar na atmosfera do Sol

Escudo térmico terá de suportar temperaturas acima de 1.400º C; lançamento está previsto para até 2018

estadão.com.br, estadão.com.br

03 Setembro 2010 | 17h10

A Nasa deu início ao desenvolvimento de uma missão que vai chegar mais perto do Sol que qualquer outra. O projeto, batizado Solar Probe Plus (SPP), deve partir para o espaço até 2018.

 

A sonda, do tamanho de um automóvel, mergulhará diretamente na atmosfera solar, chegando a 6,4 milhões de quilômetros da superfície da estrela.

 

Nesta semana, a agência espacial anunciou cinco pesquisas científicas que viajarão a bordo da SPP.

 

À medida que a sonda se aproximar do Sol, seu escudo terá de suportar temperaturas acima de 1.400º C, e jatos de radiação intensa. Cientistas esperam usar os dados coletados para prever melhor o ambiente espacial que será enfrentado por futuros astronautas.

 

Os instrumentos escolhidos para voar na missão vão contar as partículas do vento solar; criar imagens 3D da atmosfera do Sol, com suas nuvens e ondas de choque; medir os campos magnético e elétrico; detectar a poeira suspensa no vento solar; e determinar quais elementos químicos aparecem na atmosfera.

Mais conteúdo sobre:
solastronomianasaespaço

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.