Nasce bebê selecionado geneticamente para salvar irmão

Embrião que deu origem ao pequeno Javier foi escolhido por sua compatibilidade com o irmão mais velho

EFE,

14 de outubro de 2008 | 16h20

O serviço de saúde da região espanhola de Andaluzia informa o nascimento do primeiro bebê espanhol selecionado geneticamente para ajudar o irmão mais velho a superar uma anemia congênita.   Para tanto, os médicos transplantarão para o irmão doente sangue do cordão umbilical do recém-nascido, que não sofre da doença hereditária.   O bebê, chamado Javier, nasceu no domingo, com 3,4 kg, no Hospital Virgem do Rocio, em Sevilha.   Os pais, naturais de Cádiz, realizaram um diagnóstico genético pré-implantação, uma técnica oferecida pelos serviços de saúde pública da Andaluzia.   Com isso, puderam selecionar um embrião saudável e, também, compatível com o filho doente, para viabilizar a doação de tecidos.

Tudo o que sabemos sobre:
espanhagenéticaembriãoanemia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.