Arquivo pessoal
Arquivo pessoal

Nascida em 1918, ano da gripe espanhola, mulher de 101 anos recebe alta após ter coronavírus

Nair Torres Santos esteve internada por nove dias na Unidade de Terapia Intensiva do hospital Norte D’Or

Roberta Jansen, O Estado de S.Paulo

30 de abril de 2020 | 15h14

RIO - Nascida em 1918, ano da gripe espanhola, Nair Torres Santos acaba de superar a covid-19. Ela recebeu alta na tarde desta quarta-feira, 29, do hospital Norte D’Or, onde ficou internada por nove dias, na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e, desde a última segunda-feira, num quarto.

A alta de dona Nair, de 101 anos, foi muito comemorada pelos funcionários do hospital, que se emocionaram com a sua recuperação. A saída foi marcada por muitos aplausos. “Parabéns, a senhora é uma guerreira”, disse uma das enfermeiras. Dona Nair deixou o hospital numa cadeira de rodas e segurando um grande coração de pelúcia.

“É mais de um século de memórias que ela traz consigo”, disse o diretor do hospital, Ricardo Calado. “E poder vê-la retornar para casa, sabendo que vai compartilhar mais momentos com seus familiares, nos traz uma alegria indescritível.”

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.