Natalidade entre mulheres com mais de 40 bate recorde nos EUA

A taxa de natalidade entre as mulheres com pouco mais de 40 anos subiu 4% em 2008, sobre o ano anterior

Associated Press

06 Abril 2010 | 19h44

A taxa de natalidade nos Estados Unidos caiu em 2008, talvez por causa da recessão, mostram dados atualizados do governo. A única exceção encontra-se na faixa das mulheres na casa dos 40, que talvez sintam que não têm o luxo de esperar a retomada do crescimento econômico.

 

A taxa de natalidade entre as mulheres com pouco mais de 40 anos subiu 4% sobre o ano anterior, atingindo a mais alta marca desde 1967. A mesma taxa caiu entre as adolescentes, bem como entre as mulheres com 20 e 30 anos.

 

"As mulheres estão adiando a maternidade para essas idades mais avançadas, acima dos 40", disse James Trussell, diretor do Gabinete de Pesquisa Populacional da Universidade Princeton.

 

O novo relatório sobre natalidade nos EUA foi divulgado nesta terça-feira, 6, pelos Centros de Prevenção e Controle de Doenças.

 

Ele se baseia numa revisão de mais de 99% das certidões de nascimento emitidas em 2008, o primeiro ano todo tomado pela recessão.

 

No geral, a taxa de natalidade caiu 2% na relação com 2007.

Mais conteúdo sobre:
natalidade estados unidos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.