S. Corvaja/ESA/Divulgação
S. Corvaja/ESA/Divulgação

Nave de voo simulado a Marte entra na 'órbita de Marte'

Mars 500 pousará em menos de duas semanas na superfície simulada do planeta vermelho

Efe,

02 Fevereiro 2011 | 08h53

MOSCOU - A nave espacial Mars 500 com seis voluntários do voo simulado a Marte já está na órbita do planeta vermelho e em menos de duas semanas pousará na superfície simulada, informou nesta terça-feira um porta-voz do Instituto de Problemas Biomédicos (IPBM) da Academia de Ciências da Rússia.    

 

Veja também:

documento Acompanhe o projeto Mars 500

 

"Ao despertarem nesta manhã, os participantes da experiência viram uma representação de Marte em seus monitores imitando os guichês (de uma nave espacial). Isso quer dizer que já entraram na órbita marciana", precisou o IPBM à agência Interfax.

 

Em poucos dias, os seis voluntários passarão a desempenhar o papel de engenheiros e cientistas para realizar os trabalhos de carga e descarga, porque deverão esvaziar o módulo que simula a cápsula até este momento que funcionava como armazém.

 

Antes de 12 de fevereiro, data prevista para chegada à superfície marciana, os voluntários experimentarão em seu organismo vários aspectos da falta de gravidade que serão reproduzidos de forma artificial.

 

Dormirão de noite de cabeça para baixo para simular o estado de falta de gravidade e temperatura de 12 graus abaixo de zero.

 

Durante a estadia no simulador da superfície de Marte, os voluntários realizarão três caminhadas.

 

A Agência Espacial Europeia (ESA) e a russa Roscosmos lançaram em 2004 este ambicioso projeto, ao qual uniu-se posteriormente a China e no qual também colaboram países como os Estados Unidos e Espanha.

Mais conteúdo sobre:
Mars 500espaçociência

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.