Nave russa com astronautas retorna da estação espacial

Três astronautas que estavam a bordo da cápsula russa Soyuz pousaram com segurança na Terra nesta terça-feira, depois de passar quase seis meses na Estação Espacial Internacional (ISS, na sigla em inglês), no primeiro pouso desde que a Nasa aposentou seu programa de ônibus espacial em meados deste ano.

ROBIN PAXTON, REUTERS

22 de novembro de 2011 | 07h49

A nave com o astronauta norte-americano Mike Fossum, o japonês Satoshi Furukawa e o cosmonauta russo Sergei Volkov pousou às 2h26 (0h26, horário de Brasília), pouco depois do amanhecer na estepe coberta de neve na região central do Cazaquistão, segundo imagens da Nasa TV.

"O pouso foi ótimo. Tudo foi bom", disse Volkov, dando o sinal positivo depois de ser retirado da cápsula Soyuz TMA-02, que estava preta por conta das extremas temperaturas ao entrar de volta na atmosfera, tendo aberto seu paraquedas.

O encerramento do programa de ônibus espaciais da Nasa significa que as naves espaciais russas são a única forma de enviar materiais e tripulantes para a ISS, projeto de 100 bilhões de dólares que é compartilhado por 16 países, até que empresas comerciais desenvolvam a capacidade de transportar tripulantes.

A Rússia espera que o sucesso do pouso ajude a retomar a confiança em seu programa espacial, depois do acidente em agosto de uma nave espacial russa não-tripulada de carga que levou à suspensão das missões espaciais.

A equipe que retornou à Terra foi substituída em órbita por Daniel Burbank, da Nasa, e os russos Anton Shkaplerov e Anatoly Ivanishin, que fizeram uma decolagem bem-sucedida na semana passada e afastaram as preocupações de que a estação permaneceria vazia pela primeira vez em uma década.

Tudo o que sabemos sobre:
CIENCIAESPACOPOUSA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.