Nave russa Soyuz com 3 tripulantes se acopla com sucesso à ISS

A expedição dos novos tripulantes da plataforma internacional terá uma duração de 161 dias

10 Junho 2011 | 09h23

 

 

MOSCOU - A nave russa Soyuz TMA-02M, levando três tripulantes, se acoplou nesta quinta-feira, 9, com sucesso à Estação Espacial Internacional (ISS) informou o Centro de Controle de Voos Espaciais (CCVE) da Rússia.

 

Veja também:

link Nasa divulga fotos históricas do Endeavour acoplado à ISS

blog Acompanhe o twitter da Nasa

blog Os astronautas da Nasa no Twitter

 

A manobra, realizada automaticamente, foi concluída às 1h18 hora de Moscou (18h18 do horário de Brasília de quinta-feira), três minutos antes do previsto, declarou um porta-voz do CCVE citado pelas agências russas.

 

A Soyuz TMA-02M, que levou à ISS o cosmonauta russo Sergei Volkov, o astronauta japonês Satoshi Furukawa e o americano Michael Fossum, se enganchou ao porto de do módulo Rassvet, que faz parte do segmento russo da plataforma orbital.

 

Os recém-chegados se unem aos atuais membros da missão permanente na ISS: os russos Andrei Borisenko e Aleksandr Samokutiayev e o americano Ronald Garan.

 

Segundo adiantou o representante oficial do CCVE, Valeri Lindin, a expedição dos novos tripulantes da plataforma internacional terá uma duração de 161 dias.

 

Nesse período receberão na órbita a nave americana Atlantis e três cargueiros russos Progress e realizarão três caminhadas espaciais, dois segundo o programa russo e uma segundo o da Nasa.

 

Lançamento. A Roscosmos, a agência espacial russa, anunciou nesta sexta-feira, 10, que o lançamento da nave tripulada russa Soyuz TMA-22 com destino à ISS foi antecipado de 30 para 22 de setembro.

 

"O lançamento da próxima Soyuz está previsto para 22 de setembro. Será um pouco antes do que tínhamos planejado inicialmente", disse o chefe do programa de voos tripulados da Roscosmos, Alexei Krasnov, citado pela agência Interfax.

 

Krasnov explicou que a decisão de antecipar o lançamento da Soyuz TMA-22 foi adotada para garantir o cumprimento do programa de lançamentos da base de Baikonur.

 

A nave transportará à ISS os cosmonautas russos Anton Shkaplerov e Anatoli Ivanishin e o americano Daniel Burbank.

Mais conteúdo sobre:
ISSSoyuzespaço

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.