LEON NEAL/AFP
LEON NEAL/AFP

No Reino Unido, mulher faz teste para verificar suspeita de Ebola

Britânica prestava serviços com doentes quando contraiu a doença

AE, Estadão Conteúdo

30 Dezembro 2014 | 11h29

Uma trabalhadora de saúde que voltou recentemente da África Ocidental está passando por exames sob suspeita de ter sido infectada pelo vírus Ebola, de acordo com relatos na mídia britânica. As informações foram divulgadas um dia após outra trabalhadora do setor ser diagnosticada com a doença, após retornar de Serra Leoa.

Um porta-voz do governo escocês disse, no entanto, que essa segunda pessoa foi considerada como um caso de "baixa probabilidade" de risco, tendo em vista que não esteve em contato com alguém infectado. A pessoa deve ser avaliada no Aberdeen Royal Infirmary.

Na segunda-feira, uma agente de saúde foi diagnosticado com ebola depois de voltar de Serra Leoa. Ela foi transferida para um centro de tratamento especializado em Londres na terça-feira de manhã. No entanto, a primeira-ministra escocesa, Nicola Sturgeon, disse que os dois casos não estão ligados e descreveu o segundo incidente como de "baixo risco". Outro paciente em potencial está sendo testado em Cornwall, no sudoeste da Inglaterra. /Dow Jones Newswires.

Mais conteúdo sobre:
Reino Unido Ebola

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.