Nova droga para tratamento da hepatite C é aprovada

Combinado a outros medicamentos, telaprevir reduz tempo de tratamento e aumenta chances de cura

28 de outubro de 2011 | 16h09

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária aprovou o medicamento telaprevir para o tratamento de pacientes com hepatite C crônica. Trata-se de um antiviral da classe dos inibidores de protease, indicado para o tratamento de adultos infectados pelo vírus HVC de genótipo 1, em combinação com outros medicamentos. A droga também já foi aprovada pelo FDA (Food and Drug Administration) e pela EMA (European Medicines Agency).

Segundo estudos, o remédio reduz pela metade o tempo de tratamento e aumenta em até 79% as taxas de cura quando combinado com a terapia padrão atual.

Em todo o mundo, mais de 170 milhões de pessoas estão infectadas com o vírus e muitos não sabem que têm a doença. No Brasil, estudos estimam uma prevalência de 1% a 2% da população _algo em torno de dois a quatro milhões de infectados.

O tratamento adequado pode reduzir o risco das complicações da doença, como cirrose e até mesmo tumores.

Tudo o que sabemos sobre:
hepatite Ctelaprevircirrose

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.