Nova vacina contra pneumonia entra no calendário brasileiro

A vacina havia sido aprovada para uso no Brasil pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) em junho

Fabiana Cimieri, da Agência Estado,

17 Agosto 2009 | 13h16

A partir do ano que vem, o calendário de vacinação infantil incluirá uma vacina conjugada contra pneumonia, otite média e meningite bacteriana. O ministro da Saúde, José Gomes Temporão, anunciou a assinatura de um acordo de transferência tecnológica com o laboratório Glaxo/Smithkline para produção da nova vacina.

 

Atualmente, a vacina conjugada está disponível apenas em clínicas particulares e custa cerca de R$ 500 pelas quatro doses que devem ser dadas a crianças menos de um ano.

 

A nova vacina é conhecida pelo nome comercial de Synflorix e indicada para crianças a partir das seis semanas até os dois anos de idade, e protege contra infecções causadas pela bactéria S. pneumoniae.

 

A vacina havia sido aprovada para uso no Brasil pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) em junho, depois de ter sido recomendada, em março, para introdução na Europa.

 

A vacina deve ser aplicada em duas doses, com uma terceira de reforço, ou em três, com uma quarta de reforço, dependendo da idade da criança, diz relatório das autoridades sanitárias europeias.

 

A vacina é administrada por injecção no músculo da coxa nos lactentes ou no músculo da parte superior do braço nas crianças mais novas.

 

Em Londres, a Glaxo anunciou uma parceria com a Fiocruz para novas pesquisas e desenvolvimento de vacinas, entre elas uma contra a dengue. O acordo também prevê a transmissão de tecnologia à Fiocruz da Synflorix.

 

 

(com Reuters)

Mais conteúdo sobre:
GERALVACINAFIOCRUZ*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.