Novo teste detecta genes defeituosos

Pais com risco de passar doenças hereditárias para seus futuros filhos poderão ter embriões triados para quase todo tipo de gene defeituoso, graças a um novo teste criado por cientistas britânicos liderados por Pam Renwick. A técnica, mais precisa, expande o leque de mutações genéticas que podem ser detectadas antes que os embriões sejam implantados no útero de 200 defeitos hereditários para milhares, incluindo os mais raros.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.