Sérgio Castro/Estadão
Sérgio Castro/Estadão

Mortes por dengue em MG sobem mais de 50% em uma semana

Número chegou a 29 óbitos; total de pessoas infectadas em 2016 é de 217.110, maior do que o registrado no ano passado inteiro

Rene Moreira, Especial para o Estado

23 Março 2016 | 11h36

FRANCA - No período de uma semana, entre 14 e 22 março, o número de mortes por causa de dengue subiu 52,6% em Minas Gerais, com os óbitos saltando de 19 para 29. Balanço da Secretaria de Estado de Saúde (SES) aponta ainda que outras 109 mortes suspeitas da doença no Estado seguem em investigação.

No total, o número de casos de dengue neste início de 2016 no Estado (217.110) já é maior que a quantidade registrada durante todo o ano passado (196.555). Por município, Juiz de Fora, na Zona da Mata, tem o maior número de óbitos, tendo morrido na cidade oito pessoas por causa da doença. A capital Belo Horizonte vem em seguida com seis mortes.

Chikungunya. De acordo com a Secretaria de Saúde, em relação à chikungunya, 513 casos foram notificados neste ano, sendo desses 337 descartados, enquanto que 168 permanecem em investigação e oito foram confirmados.

Zika. Já em relação ao zika, 4.350 casos foram notificados em 2016, sendo 186 descartados e 10 confirmados.

Também foram confirmados 79 casos de gestantes com doença aguda pelo zika e um aborto espontâneo com associação com infecção pelo vírus, na cidade de Sete Lagoas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.