Tiago Queiroz/Estadão
Tiago Queiroz/Estadão

Número de mortos em SP por covid-19 vai a 2.627; sobe proporção de mortos com menos de 60 anos

No começo de abril, 14% das vítimas tinham menos de 60 anos; agora, eles são 26% dos óbitos

Bruno Ribeiro, O Estado de S. Paulo

03 de maio de 2020 | 17h10

Boletim divulgado pela Secretaria Estadual da Saúde afirma que o Estado de São Paulo chegou neste domingo, 3, a um total de 2.627 mortes em decorrência da covid-19, 41 vítimas a mais do que o registrado no dia anterior. O Estado teve mais 598 casos confirmados de infecção pelo novo coronavírus nas últimas 24 horas, fazendo o total de pessoas com a doença chegar a 31.772.

A taxa de ocupação dos leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) na região metropolitana da capital se manteve em 87,1% neste domingo, ligeira oscilação para baixo em relação ao sábado, quando o percentual foi de 87,5%. Somando todas as regiões do Estado, 66,2% dos leitos de UTI estão ocupados.

Já a taxa de isolamento social divulgada neste domiugo, referente ao sábado, 3, ficou em 53% no Estado. Ela caiu em relação à sexta-feira, feriado de 1º de Maio, quando o índice foi de 56%. Na capital, o índice de sábado foi ainda menor, 52%.

O governo do Estado destacou, em nota, o cresciemnto da proporção de mortes entre pessoas com menos de 60 anos. "O número de jovens e adultos que faleceram com o novo coronavírus cresceu 18 vezes em um mês", diz o texto. "Entre as 2.627 vítimas", informa a secretaria, "693 tinham menos de 60 anos. Em 4 de abril, eram apenas 37, de um total de 260 mortes".

"Nesse período, a proporção de óbitos entre jovens saltou de 14% para 26%.  À medida que isso se amplificou, houve consequente redução entre idosos (de 85% para 74%)", afirma a nota.

Outro destaca é a continudade do espalhamento da doença pelo Estado. De sábado para domingo, mais três cidades tiveram a primeira morte registrada da doença, fazendo o total de municípios com um ou mais registros chegar a 153. "Atualmente, o interior, litoral e Grande São Paulo concentram 11.950 casos (37,6%) e 954 óbitos (36,3%)."

"Nos hospitais de SP há, hoje, 9,1 mil pacientes internados, somando 3.534 em UTI e 5.589 em enfermaria", informa ainda a Secretaria Estadual da Saúde.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.