Número de mortos pelo Ebola sobe para 4.922, segundo OMS

Epidemia já chegou a oito países; Guiné, Serra leoa e Libéria, na África Ocidental, concentram a maior quantidade de infectados

O Estado de S. Paulo

25 Outubro 2014 | 18h22

O número de mortos pelo vírus Ebola subiu para 4.922, em um total de 10.141 casos confirmados em oito países. O balanço foi divulgado neste sábado, 25, pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

No levantamento anterior, o total de infectados era de 9.936 e o de mortos, 4.877. A maior parte das mortes ocorreu nos três países mais infectados - Guiné, Libéria e Serra Leoa, na África Ocidental, que concentra 4.912 mortes e 10.114 casos.

O surto, que já dura sete meses, é o mais grave desde 1976, quando o vírus foi descoberto. Para a organização, o total de infectados pode ser ainda mais alto nas três nações, onde a taxa de mortalidade pela doença é próxima a 70%.

Há uma semana, Nigéria e Senegal foram declarados livres da epidemia. Espanha, Estados Unidos e Mali registraram casos isolados. A doença ameaça agora a Costa do Marfim, após infecções em praticamente toda a fronteira com Guiné e Libéria. Outras 14 nações africanas, segundo a OMS, têm forte de risco de epidemia.

A organização, ligada às Nações Unidas, ainda informou que a vacina contra o Ebola deve chegar à África Ocidental em dezembro, um mês antes do previsto.No ano que vem, centenas de milhares de doses já devem estar disponíveis.

De acordo com a OMS, 450 profissionais da área de saúde se contaminaram com a enfermidade desde o início da epidemia. Destes, 244 morreram.

Mais conteúdo sobre:
ebola epidemia áfrica vírus

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.