Paulo Liebert/AE
Paulo Liebert/AE

'O aplicativo me incentiva a praticar esportes'

Supervisor de planejamento usa dispositivo para marcar velocidade e distância percorrida

Wanise Martinez, estadao.com.br

10 de dezembro de 2011 | 17h00

O supervisor de planejamento comercial Ismael Paulo Santos, de 29 anos, pratica corrida sempre acompanhado do celular equipado com o Endomondo, que serve para marcar distância e velocidade percorridas. "Uso esse aplicativo desde 2010 porque é uma ótima ferramenta na hora de se exercitar. Me dá um parâmetro geral do desempenho e me incentiva a praticar, já que compartilho informações com outros esportistas", diz.

 

Apesar da frequência, Ismael confessa nunca ter perguntado para um médico ou instrutor físico se o uso é recomendado. "Mas faço teste ergométrico todo ano para verificar minha saúde", explica o supervisor.

Para o fisiologista Turíbio Leite de Barros Neto, da Universidade Federal de São Paulo, só isso não basta. "Vejo riscos de instruções inadequadas e falta de limites. Essa ferramenta é boa para mensurar, porém é necessário ter uma orientação. Nosso corpo é frágil e a competição às vezes ultrapassa o ideal", ressalva ele.

Tudo o que sabemos sobre:
aplicativoesportesEndomondosaúde

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.