O que é fome oculta? como detectá-la?

Fome oculta é a alteração nutricional decorrente da deficiência marginal de micronutrientes (vitaminas e minerais) que, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), consiste na necessidade não explícita de um ou mais nutrientes. É um processo gradual e progressivo no qual ocorre gradativa eliminação ou exaustão dos estoques de micronutrientes do organismo. O que ocorre, em geral, é a deficiência simultânea de diversas vitaminas e minerais e não a deficiência isolada de uma única vitamina. Em curto e médio prazos, a fome oculta pode favorecer o desenvolvimento de doenças crônicodegenerativas, como doenças cardiovasculares, catarata e câncer. Entre as principais manifestações clínicas da fome oculta ou da deficiência marginal de vitaminas, minerais e oligoelementos, há a inapetência, letargia, fraqueza, alterações de comportamento, como irritabilidade, insônia e depressão; falta de concentração, tendo como conseqüência a diminuição do rendimento escolar e da produtividade no trabalho; maior suscetibilidade às infecções, convalescença retardada às doenças, além de capacidade diminuída para lidar com situações que exijam esforço físico. O diagnóstico é realizado através de exames bioquímicos (nem sempre disponíveis), e da análise da composição do cabelo (mineralograma capilar). (*) Cirurgião oncológico pelo Instituto Brasileiro de Controle do Câncer (IBCC); especialista em medicina biomolecular e titular da Associação Brasileira de Nutrologia (ABRAN) . Tel: (11) 3129-5944. Site: www.imebi.com.br

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.