OMS adia destruição do vírus da varíola

A Organização Mundial de Saúde (OMS) resolveu adiar e marcar uma nova data para a destruição da última amostra do vírus da varíola, erradicada há 30 anos. Não existe tratamento para a doença que matou milhões de pessoas nos anos 60. Os EUA e a Rússia têm se posicionado contra a destruição do vírus porque temem que a doença volte a atacar. Durante a assembléia anual da OMS, na semana passada, o tema foi discutido, mas voltará a debate em janeiro.

Agencia Estado,

29 de maio de 2006 | 10h00

Tudo o que sabemos sobre:
notícia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.