Rungroj Yongrit/EPA/EFE
Rungroj Yongrit/EPA/EFE

OMS diz que 82% dos casos de coronavírus são leves

De acordo com a organização, 15% dos casos são severos e outros 3%, críticos. Coronavírus já matou 638 pessoas na China e infectou outras 31,4 mil pessoas

André Marinho, O Estado de S.Paulo

07 de fevereiro de 2020 | 14h14

SÃO PAULO - A Organização Mundial da Saúde (OMS) divulgou uma análise feita em 17 mil casos de coronavírus na China e concluiu que 82% deles podem ser classificados como leves. Outros 15% são onsiderados severos e 3% são críticos.

 Em entrevista coletiva em Genebra, na Suíça, representantes da entidade disseram ainda que a demanda por suprimentos médicos, como máscaras e luvas, está até 100 vezes maior que o normal, enquanto os preços estão até 20 vezes mais caros.

 "A OMS estima que os médicos na linha de frente da resposta ao vírus vão precisar aproximadamente de 7% a 10% da capacidade do mercado", explicou o diretor-geral da Organização, Tedros Adhanom Ghebreyesus.

O número de mortes pelo novo coronavírus no mundo saltou para 638 nesta quinta-feira, 6, com a confirmação de mais 73 óbitos na China. O total de infectados pela doença chega a 31,4 mil.

Cerca de 31,2 mil do total de casos foram registrados na China, epicentro do surto. Outros 216 registros foram notificados em 24 países de quatro continentes, segundo a OMS.

No Brasil, há casos suspeitos, mas não confirmados. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.