REUTERS/Nacho Doce
REUTERS/Nacho Doce

OMS diz que pandemia do novo coronavírus é ‘uma grande onda’ e não é sazonal

Organização alertou que o vírus da covid-19 não se comporta como o da gripe; de acordo com a entidade, esse é um novo vírus e está se comportando de maneira diferente

Redação, O Estado de S.Paulo

28 de julho de 2020 | 11h04

A Organização Mundial da Saúde (OMS) alertou nesta terça-feira, 28, que o novo coronavírus, Sars-Cov-2, não tem características sazonais, como se comporta o vírus da influenza. De acordo com a Organização, a pandemia é "uma grande onda".

Apesar de também se espalhar de pessoa a pessoa, o vírus da gripe circula com maior frequência nas estações mais frias. A intensidade da circulação do influenza também pode mudar de ano para ano.

O coronavírus, no entanto, circula facilmente independentemente da época e estação do ano. Por não possuir um comportamento sazonal, Margaret Harris, porta-voz da OMS, chamou a atenção sobre os riscos de transmissão do vírus durante o verão do Hemisfério Norte, e não apenas no inverno.

"As pessoas ainda estão pensando nas estações do ano. O que todos precisamos entender é que este é um novo vírus e está se comportando de maneira diferente", disse Margaret, em uma coletiva virtual em Genebra, na Suíça.

Ela também alertou contra o pensamento em termos de ondas de vírus, dizendo: "Será uma grande onda. Vai subir e descer um pouco."  Margaret pediu ainda a aplicação de medidas para conter a transmissão do coronavírus, que está se espalhando em grandes aglomerações.

O mundo já contabiliza 16.523.029 infecções confirmadas e 654.860 mortes devido à covid-19, de acordo com a contagem da Universidade Johns Hopkins.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.