OMS investiga mortes misteriosas na África do Sul

Organização disse que a doença parece ser uma forma de febre hemorrágica

AP

10 de outubro de 2008 | 17h00

A Organização Mundial da Saúde (OMS) disse estar investigando uma doença misteriosa que matou três pessoas na cidade sul-africana de Johanesburgo.  A OMS disse que a doença parece ser uma forma de febre hemorrágica.  Segundo a organização, testes deram negativo para Ebola, febre Lassa, febre Rift Valley, febre Marburg e outros tipos de febres hemorrágicas.  O porta-voz da OMS, Gregory Hartl, disse que a primeira morte, de uma guia de turismo que adoeceu em Zâmbia antes de ir para a África do Sul, aconteceu no dia 13 de setembro. As duas mortes seguintes, de um paramédico e uma enfermeira que trataram a mulher, ocorreram no dia 20 de setembro e 4 de outubro.  Hartl disse nesta sexta-feira, 10, que 121 pessoas estão sendo monitorada e que a OMS espera receber mais resultados no domingo, 12.

Tudo o que sabemos sobre:
saúdeÁfrica do Sul

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.