Opas quer conter avanço do fumo no continente americano

Resolução busca impedir que fabricantes dificultem programas e ações do governo contra o cigarro

Agência Brasil

30 Setembro 2010 | 19h24

BRASÍLIA - A Organização Pan-Americana da Saúde (Opas) aprovou uma resolução para conter o avanço da indústria do tabaco no continente americano. A proposta foi apresentada na última segunda-feira pelo Ministério da Saúde, durante reunião em Washington.

De acordo com o ministério, a resolução busca estimular uma estratégia conjunta das nações para impedir manobras dos fabricantes que tenham como objetivo dificultar programas e ações governamentais contra o fumo.

Segundo o governo brasileiro, a indústria tabagista tem recorrido à Justiça e a órgãos internacionais para criar obstáculos às políticas de saúde pública. A resolução prevê que a Opas monitore as estratégias das empresas.

O documento também faz um apelo para os países adotarem o tratado internacional de controle do tabaco, em vigor há cinco anos. O tratado determina, por exemplo, o fim do fumo em locais fechados e coletivos e a restrição da publicidade de marcas de cigarros em eventos esportivos e culturais.

Mais conteúdo sobre:
fumo tabaco Opas Ministério da Saúde cigarro

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.