Operação prende 8 e confisca remédios falsificados na Paraíba

Durante fiscalização da Anvisa em João Pessoa, 17 estabelecimentos foram interditados na semana passada

Solange Spigliatti, da Central de Notícias,

16 de novembro de 2009 | 11h23

Oito pessoas foram presas em flagrante durante operação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para combater a venda de medicamentos ilegais em João Pessoa, na Paraíba. Ao todo, foram fiscalizados dez estabelecimentos e sete farmácias foram interditadas.

 

A operação Sequela foi realizada entre os dias 11 e 13 de novembro, em uma parceria com a agência de vigilância sanitária do estado (Agevisa), a vigilância sanitária municipal, Ministério Público, Procon estadual e as polícias Civil e Militar.

 

Os fiscais apreenderam 200 comprimidos de Pramil, medicamento contrabandeado do Paraguai, produtos contrabandeados da Bolívia e mais quatro caixas de medicamentos para disfunção erétil falsificados, além de medicamentos vencidos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.