País tem 30 casos suspeitos de H1N1; exames podem sair hoje

O ministro da Saúde, José Gomes Temporão, falou nesta sexta-feira pedindo tranquilidade à população

da Redação,

08 Maio 2009 | 15h12

O Ministério da Saúde informa que são acompanhados 30 casos suspeitos de Influenza A (H1N1), a gripe suína,  no País. As amostras com secreções respiratórias desses pacientes estão em análise laboratorial. Parte dos resultados pode sair ainda nesta sexta-feira. na noite de quinta-feira, foram confirmados quatro casos no Brasil. Desses pacientes, apenas um, no Rio de Janeiro, segue internado.

 

Veja também:

especial Mapa: veja como a gripe está se espalhando

especialEntenda a gripe suína: perguntas e respostas 

video Infectologista esclarece cuidados que serão tomados 

mais imagens Veja galeria de fotos da gripe suína pelo mundo   

som 'Meios de transportes facilitam a propagação'

documento Folheto oficial do Ministério da Saúde 

 

Os casos suspeitos estão nos Estados de São Paulo (10), Rio de Janeiro (5), Minas Gerais (3), Paraná (3), Distrito Federal (2), Goiás (2), Santa Catarina (2), Mato Grosso do Sul (1), Pernambuco (1) e Rondônia (1).

 

Além disso, 18 casos estão em monitoramento, em sete Estados; e chegou a 113 o número de casos descartados. Os números referem-se a informações repassadas pelas Secretarias Estaduais de Saúde até as 12h30 desta sexta-feira.

 

 O ministro da Saúde, José Gomes Temporão, falou nesta sexta-feira pedindo tranquilidade à população. Disse que é "até meio ridículo" querer usar máscara de proteção contra o vírus da gripe suína no Brasil.  Ele afirmou que "nada muda" na estratégia do governo.

 

"Reitero que a situação é de absoluta tranquilidade. É evidente que o governo está preocupado, mas está trabalhando em cima dessa realidade e não existe nenhum fato que coloque qualquer situação de risco para a população", declarou.

 

Boletim divulgado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) no início da tarde desta sexta-feira, 8, informa que 25 países têm casos confirmados da gripe a(H1N1), ou gripe suína, num total de 2.500 pacientes infectados. O México tem 1.204 casos confirmados em laboratório, com 44 mortes. Os EUA, 896 casos, com duas mortes. Os números da OMS diferem dos divulgados pelos governos - os EUA anunciaram nesta tarde 1.639 pacientes da doença -  porque a organização só contabiliza os casos depois que lhe são comunicados formalmente.

Mais conteúdo sobre:
gripe suínainfluenza A(H1N1)

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.