Países americanos concordam em fortalecer regulações de medicamentos

Compromisso alcançado em reunião da OPAS pretende melhorar qualidade e segurança de drogas

Efe

01 Outubro 2010 | 11h46

WASHINGTON - Os países do continente americano se comprometeram nesta sexta-feira, 01, a reforçar as suas autoridades reguladoras de medicamentos para "garantir a qualidade, segurança e eficácia", durante uma reunião do conselho da Organização Panamericana de Saúde (OPAS).

 

Durante a XL Reunião do Conselho Diretor da OPAS, realizada em Washington, os países membros da organização aprovaram uma resolução sobre o reforço das autoridades reguladoras nacionais de medicamentos e produtos biológicos.

 

A OPAS disse que "as principais funções de regulação e controle de medicamentos e produtos biológicos vão desde a aprovação do pré-registo de ensaios clínicos, a outorga do registro sanitário dos produtos", entre outros.

 

Parte do acordo é a designação das autoridades reguladoras de referência regional, o que vai permitir reconhecer a capacidade regulatória dos países do continente e promover a troca de informações entre os países.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.