REUTERS/Carla Carniel
REUTERS/Carla Carniel

Para ampliar imunização infantil contra a covid-19, SP intensifica vacinação neste sábado

UBSs da capital estarão abertas para a aplicação da primeira dose em crianças de 5 a 11 anos; adolescentes e adultos também podem aproveitar para tomar a vacina nas UBSs, das 8h às 17h, e nas 79 AMAs/UBSs Integradas, das 8h às 19h

Renata Okumura, O Estado de S.Paulo

04 de fevereiro de 2022 | 10h36

SÃO PAULO - Com o retorno das aulas presenciais nesta segunda-feira, 7, na rede municipal de ensino, a cidade de São Paulo irá abrir as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) neste sábado, 5, das 8h às 17h, para intensificar a vacinação contra a covid-19 em crianças de 5 a 11 anos de idade. 

“Com o retorno das aulas presenciais, é fundamental ampliar e estimular a imunização no público infantil para preservar a saúde das nossas crianças", afirmou, em nota, o secretário municipal da Saúde, Edson Aparecido.

Ainda segundo a pasta, equipes de agentes comunitários de saúde vão fazer busca ativa com visitação em domicílio para detectar os motivos pelos quais algumas crianças ainda não foram imunizadas.

Em razão de mudança de endereço, a UBS Brás, no centro da cidade, é a única que permanecerá fechada no sábado. A partir desta segunda-feira, ela passa a funcionar na Rua Joaquim Nabuco, 165, na mesma região. Como alternativa, os moradores da região poderão recorrer à AMA/UBS Integrada Pari (Rua das Olarias, 503) e também à UBS Belenzinho (Avenida Celso Garcia, 1.749).

Para serem imunizadas, as crianças devem estar acompanhadas por um responsável maior de 18 anos e apresentar documento de identificação (preferencialmente CPF), carteirinha de vacinação e comprovante de endereço. 

Em crianças com 5 anos de idade ou imunossuprimidas, permanece a aplicação exclusivamente com doses da Pfizer pediátrica. Os imunossuprimidos devem apresentar documentação médica que comprove a condição. Crianças a partir de 6 anos estão recebendo a Coronavac, vacina produzida pelo Instituto Butantan que foi aprovada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Até esta quinta-feira, 3, a SMS aplicou 586.707 doses em crianças de 5 a 11 anos, alcançado uma cobertura vacinal de 54,2% desse público. As informações sobre a imunização infantil estão disponíveis no Vacinômetro. Clique aqui e consulte a unidade mais próxima de sua residência. A consulta de disponibilidade de doses pediátricas da vacina antiCovid e a movimentação das unidades pode ser feita pela plataforma De Olho na Fila

Na terça-feira, 2, as farmacêuticas Pfizer BioNTech revelaram que estão buscando autorização da agência reguladoras dos Estados Unidos para o uso emergencial da primeira vacina contra a covid-19 em crianças menores de 5 anos. As empresas começaram a enviar os dados sobre a segurança e eficácia das duas primeiras doses de um regime planejado de três.

Vacinação para adolescentes e adultos

Adolescentes e adultos que ainda não se vacinaram ou completaram o ciclo vacinal também podem aproveitar este sábado para a imunização nas UBSs, das 8h às 17h, e nas 79 AMAs/UBSs Integradas, das 8h às 19h. 

Haverá ainda busca ativa com visitação a casas para imunizar adultos com a segunda ou dose adicional atrasadas.

A imunização se torna mais importante diante do aumento de casos e mortes provocadas pelo novo coronavírus. Com o avanço da Ômicron, a média móvel de mortes continua a subir. O Brasil registrou 917 novas mortes e 286.050 novos casos da doença na quinta-feira, 3. É a maior marca de novos casos já registrada no País durante os dois anos da pandemia. Já a média semanal de óbitos, que elimina distorções entre dias úteis e fim de semana, ficou em 689, a pior marca desde o dia 26 de agosto.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.