Paraná confirma três casos de raiva bovina

As secretarias de Saúde e Agricultura do Paraná estão em estado de alerta após a confirmação de que três dos cinco bois que apresentavam sintomas de raiva estavam com o vírus da doença. Mais seis animais estão sob suspeita e deverão ser abatidos no início da semana.O foco de raiva bovina - que é transmitida pelo morcego - foi detectado no final da semana em Cascavel, região oeste. Cerca de 40 pessoas que tiveram contato com os animais doentes ou sob suspeita foram examinadas sexta-feira no posto de saúde do distrito de São João do Oeste, que concentra a maioria dos casos. Nenhuma pessoa demonstrou sintomas da doença, que não tem cura.A raiva é transmitida aos humanos pela saliva do animal infectado. Na cidade, os agentes transmissores são principalmente o cão e o gato.Segundo a Secretaria de Agricultura, dez propriedades rurais estão sendo monitoradas e 100 passaram por inspeção sem que fossem encontrados animais suspeitos. Todos os animais num raio de 10 quilômetros do foco da doença deverão ser vacinados, informou a secretaria.

Agencia Estado,

29 de janeiro de 2006 | 17h37

Tudo o que sabemos sobre:
notícia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.