Paraná recebe R$ 125 milhões para construir unidades de saúde

Recursos do governo federal serão destinados para implantar 30 UPAs e atender pacientes com gripe suína

Solange Spigliatti, da Central de Notícias,

05 Agosto 2009 | 10h29

A Secretaria Estadual de Saúde do Paraná recebeu do Ministério da Saúde nesta terça-feira, 4, um reforço de R$ 125 milhões, que serão usados para a construção e manutenção de 30 Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), além de repasse para o enfrentamento da epidemia de gripe suína.

 

Com investimento de R$ 123 milhões, as 30 unidades UPAs, das quais 15 serão implantadas neste ano e 15 em 2010, terão capacidade para atender até 6 milhões de pessoas, o que amplia a capacidade de atendimento aos pacientes da nova gripe no Paraná.

 

Ainda como reforço às ações de enfrentamento da epidemia no Estado, o ministro da Saúde, José Gomes Temporão, autorizou o repasse adicional de R$ 2,6 milhões para assistência aos pacientes e prevenção.

 

Instituto Carlos Chagas

 

O anúncio de novos investimentos foi feito durante a cerimônia de inauguração do Instituto Carlos Chagas, da unidade da Fiocruz no Estado e da Planta de Insumos para Diagnósticos em Saúde, que realizará atividades de desenvolvimento, inovação e produção de insumos para kits de diagnóstico.

 

As nova unidades devem contribuir para reduzir a dependência brasileira de importações e possibilitar a oferta de kits de diagnóstico para diferentes programas do Ministério da Saúde. Já foram investidos na unidade R$ 15 milhões em obras e equipamentos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.