Beto Carrero World
Beto Carrero World

Parque temático Beto Carrero retoma atividades somente para moradores do Sul do País

Em Santa Catarina, também estão liberadas atividades em zoológicos, parques e praças. Cinemas e shows vão funcionar na modalidade drive-in

Fábio Bispo, especial para O Estado

10 de junho de 2020 | 19h39

FLORIANÓPOLIS - Após mais de dois meses fechado, o Beto Carrero World será reaberto ao público neste feriado de Corpus Christi, mas com novas regras de funcionamento por causa da pandemia do novo coronavírus. O setor de entretenimento era um dos únicos que ainda tinha restrições para funcionamento em decorrência do isolamento social, imposto em 17 de março. 

Também estão liberadas atividades em zoológicos, parques e praças. Cinemas e shows vão funcionar na modalidade drive-in. Em Santa Catarina, apenas aulas, competições esportivas e eventos em ambientes fechados seguem restritos.

Segundo a direção do Beto Carrero, o parque vai funcionar com 50% da capacidade de público e com distanciamento mínimo entre as pessoas. O local vai contar com um túnel de desinfecção na entrada, com água ozonizada, e aferição de temperatura. O uso de máscara é obrigatório. 

Nesta quinta-feira, 11, o local vai abrir apenas para familiares de colaboradores, passaportes anuais e convidados. A partir de sexta-feira, 12, somente moradores dos três estados do Sul poderão visitar o local. Neste primeiro momento, como a venda será realizada de forma online, o filtro para aquisição do bilhete será feito pelo próprio sistema do parque mediante dados dos compradores. Ainda não há data para liberação de visitantes de fora desses estados.

“A reabertura segue as orientações do Ministério da Saúde e do governo de Santa Catarina. Para que os visitantes possam se divertir sem preocupações, todos os procedimentos de limpeza e higiene, que na verdade já são tradição do parque, foram reforçados. A volta foi preparada pensando em cada detalhe”, afirmou a direção do parque.

Além do retorno do Beto Carrero, também voltam às atividades no Estado sessões cinemas, na modalidade drive-in. No estacionamento do Shopping Itaguaçu, na Grande Florianópolis, haverá sessão gratuita na sexta-feira do Dia dos Namorados, com 100 ingressos disponíveis. Já no badalado balneário de Jurerê Internacional foi montado um Music Drive, onde as pessoas só podem sair do carro para irem ao banheiro e utilizando máscaras. O som é ouvido no carro e os pedidos de comidas e bebidas é feito por meio de aplicativo.

Medida é precoce, diz infectologista

A médica infectologista Carolina Cipriani Ponzi vê com preocupação a liberação de atividades ligadas ao entretenimento. “É claro que as coisas não podem ficar fechadas para sempre, mas ainda acho precoce. Entendo que o comércio bem regrado, a indústria, e outros setores podem sim funcionar, mas vejo a questão dos parques com temeridade”, avaliou.

A médica lembra que regiões de Santa Catarina, como o Vale do Itajaí, já chegaram a ter momentos de colapso na rede de saúde e que, nos parques, a compreensão das medidas de prevenção é mais difícil de serem assimiladas pelas crianças. “Vai ser preciso uma fiscalização muito grande”.

A infectologista ressalta que os túneis de desinfecção não têm evidência científica de que são eficazes para conter a proliferação da doença. “O vírus está no sistema respiratório, além do mais, dependendo do produto que se utilizar, pode desencadear outras reações, como alergias e até um ataque de asma”, alertou.

No dia 13 de maio, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) publicou nota técnica alertando que “não foram encontradas evidências científicas, até o momento, de que o uso dessas estruturas para desinfecção sejam eficazes no combate ao SARS-CoV-2, além de ser uma prática que pode produzir importantes efeitos adversos à saúde”.

Pressão de setores econômicos

Desde 17 de março, quando estabeleceu uma das ações de isolamento mais rígidos do País, permitindo somente serviços essenciais, o governador catarinense Carlos Moisés (PSL) tem sido constantemente pressionado pelos mais diversos setores econômicos.

A liberação das atividades no Estado foi se dando de forma setorizada. Os primeiros a serem liberados foram os setores da construção civil, oficinas mecânicas e economias ligadas ao setor automotivo. Em abril, um mês após o lockdown, foi liberado o comércio e shoppings centers, o que fez o número de infectados disparar. Mesmo assim, esta semana, o transporte coletivo voltou a circular nas principais cidades de Santa Catarina.  O Estado tem 12.594 infectados pela covid-19 e 184 mortes.

Tudo o que sabemos sobre:
Beto Carrero Worldcoronavírus

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.