Pasteur mantém vacinação contra pólio neste domingo em SP

Instituto ficará aberto das 8 h às 20 h e disponibilizará também doses que estejam em atraso na caderneta

Alexandre Inacio, da Agência Estado,

14 de junho de 2008 | 17h25

A Secretaria de Estado da Saúde irá manter plantão no Instituto Pasteur neste domingo, 15, para aplicar a vacina contra a paralisia infantil, segundo nota divulgada pela assessoria. O Instituto ficará aberto das 8h às 20h. O objetivo é imunizar crianças de até cinco anos que não tenham participado da campanha ocorrida neste sábado em todo o Estado de São Paulo.   O instituto também irá disponibilizar doses que estejam em atraso na caderneta, como Tetravalente (contra difteria, tétano e coqueluche), Tríplice viral (contra sarampo, caxumba e rubéola) e a vacina contra hepatite. O Instituto fica na Avenida Paulista, 393, em Cerqueira César.     Arte: estadao.com.br   Veja também:  Vacina contra pólio chega a 2,7 milhões de crianças   Até as 12 horas deste sábado, haviam sido vacinadas em todo o Estado 577,58 mil crianças, segundo balanço da Secretaria de Saúde. A meta do governo é vacinar 2,9 milhões de crianças com menos de cinco anos de idade. A segunda etapa ocorrerá em 9 de agosto.   Segundo o Ministério da Saúde, mais de 9,37 milhões de crianças com até cinco anos de idade foram vacinadas neste sábado em todo o País. O número representa 59% do total da população de crianças nessa faixa etária, que somam 15,8 milhões.   Na avaliação do Programa Nacional de Imunizações (PNI) do Ministério da Saúde, os dados são positivos e indicam que a meta do governo será alcançada. O objetivo é alcançar um índice de vacinação de pelo menos 95% do total de crianças com até cinco anos em todo o Brasil.   Os dados correspondem às informações repassadas ao ministério por Estados e municípios até as 19 horas deste sábado. O resultado final será divulgado no dia 31 de julho.   Segundo o Ministério da Saúde, a Organização Mundial de Saúde (OMS) considera a vacina como a única maneira de erradicar a doença em todo o mundo.   Texto atualizado às 21h22   (com Elvis Pereira, do estadao.com.br)

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.