Pecuarista internado em Minas não tem febre amarela

Até o momento, não há casos de febre amarela registrados em Minas Gerais, neste ano

Leonardo Werner, especial para O Estado de S. Paulo

10 de janeiro de 2008 | 18h24

Nota da Secretaria de Estado da Saúde de Minas Gerais informou, nesta quinta-feira, 10, que Geraldo Jaider Rocha, pecuarista de 48 anos internado no hospital Felício Rocho, em Belo Horizonte, não tem febre amarela.    Homem é internado com suspeita de febre amarela em Minas  Conheça os sintomas e os riscos da febre amarela   Segundo a nota, o exame realizado apresentou sorologia negativa para a doença.   Rocha é natural de Acrelândia (AC) e, sentido-se mal, viajou à capital mineira, onde tem familiares, para buscar tratamento. O paciente continua internado, enquanto os médicos realizam novos exames.   Até o momento, não há casos de febre amarela registrados em Minas Gerais, neste ano.   Na região fronteiriça do Estado com Goiás, onde uma pessoa morreu com suspeita da doença, foram encontrados primatas mortos, mas a causa ainda não foi definida. O governo de Minas intensificou a campanha de vacinação nessas regiões.

Tudo o que sabemos sobre:
febre amarela

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.