Tiago Queiroz/Estadão
Tiago Queiroz/Estadão

Pela primeira vez São Paulo não registra morte por covid-19 no Estado

Apesar da ausência de óbitos nos registros desta segunda-feira, a média móvel está em 73

João Ker e Paulo Favero, O Estado de S.Paulo

08 de novembro de 2021 | 17h03

O Estado de São Paulo não registrou nesta segunda-feira, 8, qualquer óbito por covid-19. Segundo o governo, é a primeira vez que isso ocorre desde o início da pandemia - no ano passado em algumas datas nos meses de novembro e dezembro os registros também estiveram sem óbito, mas por causa de problemas no sistema. Além dele, outros sete Estados também não registraram mortes: Acre, Amapá, Goiás, Minas Gerais, Rondônia, Roraima e Sergipe.

"Habitualmente durante as segundas-feiras os dados divulgados são abaixo da média semanal, já que os municípios registram os óbitos no sistema oficial Sivep-gripe durante o domingo. No entanto, desde que a primeira morte pelo novo coronavírus foi registrada no Estado em março de 2020, este fato ainda não havia acontecido nenhuma vez", disse a Secretaria de Estado da Saúde.

Apesar da ausência de mortes nos registros desta segunda-feira, a média móvel de óbitos em São Paulo está em 73, mas há quase um mês abaixo de 100. O governo ainda anunciou que foram registrados 359 novos casos, totalizando 4.413.241. Já o número de mortes no Estado desde o início da pandemia é 152.527. A taxa de ocupação dos leitos de UTI está em 24,5%.

Só para se ter uma ideia da importância do número desta segunda-feira, é que em 1º de abril o Estado havia atingido a média móvel de 890 mortes, um recorde. Por meses os números estiveram em patamares elevados, mas em 12 de outubro baixou da marca de 100 óbitos e desde então se manteve abaixo disso.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.