Pequim orienta crianças a não saírem de casa devido à poluição

Nesta sexta, forte neblina cobriu a cidade e causou vários atrasos nos transportes

Reuters,

26 de outubro de 2007 | 10h54

O departamento meteorológico de Pequim alertou nesta sexta-feira, 26, crianças e idosos a ficarem em suas casas devido à forte neblina que cobriu a cidade e agravou a sua crônica poluição atmosférica, segundo a imprensa local.  A neblina causou vários atrasos no aeroporto de Pequim e reduziu a visibilidade no centro da cidade a menos de 200 metros. "A neblina vai afetar não só o tráfego, mas também prejudica o sistema respiratório das pessoas. Sugiro aos idosos e crianças que evitem sair ou que usem uma máscara", disse Sun Jisong, meteorologista-chefe da prefeitura, à agência estatal de notícias Xinhua.  A prefeitura tem como meta melhorar a qualidade do ar antes da Olimpíada de agosto próximo, mas um relatório divulgado na quinta-feira pelo Programa Ambiental da ONU mostra que o problema persiste. Em discurso na Conferência Mundial sobre Esporte e Meio Ambiente, também na quinta-feira, o presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), Jacques Rogge, reiterou que algumas provas de resistência dos Jogos podem ser remarcadas caso a qualidade do ar esteja ruim.  Havia previsão de que a neblina se dissipasse ao longo da sexta-feira, pois uma frente fria traria brisa e garoa à cidade, segundo a Xinhua.

Tudo o que sabemos sobre:
ChinaPoluiçãoCriançaSaúde

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.