Pesquisa desenvolve vacina promissora contra a hepatite C

Imunizante gerou respostas imunológicas similares às observadas em pessoas que têm defesa natural contra a doença

Reuters,

05 de janeiro de 2012 | 14h23

 Uma nova vacina contra a hepatite C mostrou resultados promissores em um ensaio clínico em estágio inicial com pessoas. A equipe de pesquisadores disse que a vacina, baseada em um vírus do resfriado modificado e testada de maneira segura em 41 pessoas, gerou respostas imunológicas similares às observadas em pessoas que têm uma defesa rara, mas natural contra a doença.

Os resultados sugerem que, no futuro, seria possível desenvolver uma vacina de efeito potencialmente prolongado amplamente efetiva contra a hepatite C.

Mas os cientistas, cujos resultados foram publicados na Science Translational Medicine, advertem que é preciso fazer mais estudos antes do desenvolvimento da vacina.

"Descobrimos que é possível gerar respostas imunes celulares amplas contra a doença, que durem pelo menos um ano", dizem os autores.

Como o vírus da hepatite C está em constante mutação, ele é um alvo complexo para o desenvolvimento de uma vacina. Existem seis cepas diferentes do vírus, o que dificulta ainda mais o trabalho.

A nova vacina foi projetada para gerar uma resposta das células T do sistema imunológico às partes internas do vírus, que são mais constantes.   

Tudo o que sabemos sobre:
hepatite Cvacinavírus

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.