Pesquisa vai apurar o número de cesarianas feitas no País

Dados do Ministério da Saúde mostram que 43% dos partos no Brasil em 2008 foram cesárias

Agência Brasil

08 Junho 2010 | 15h50

BRASÍLIA - O Conselho Federal de Medicina (CFM) inicia nesta terça-feira, 8, uma pesquisa nacional sobre o número de cesarianas no País. Serão ouvidos 16.163 médicos ligados à Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia (Febrasgo).

 

Os médicos vão responder a um questionário, via internet, sobre fatores técnicos e de remuneração quando optam pelo parto cesariano e como estimular o parto normal no Brasil, entre outras questões.

 

Dados do Ministério da Saúde de 2008 mostram que 43% dos partos feitos no País são cesárias. Na rede pública de saúde, o porcentual cai para 34%, conforme levantamento do Sistema Único de Saúde (SUS) feito no ano passado. Em contrapartida, as cesarianas representam 80% dos partos feitos em instituições privadas.

 

A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda que as cesárias não ultrapassem 15% da totalidade de partos. O estudo do conselho deve ser concluído até setembro.

Mais conteúdo sobre:
cesarianas

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.