Pessoas HIV positivas são mais vulneráveis à bactéria salmonela

Anticorpos da aids neutralizam a ação dos outros anticorpos que deveriam lutar contra a bactéria

Efe

23 Abril 2010 | 08h46

Cientistas americanos descobriram a forma como pessoas HIV positivas se tornam mais vulneráveis a infecções causadas pela bactéria salmonela. A descoberta, obtida por uma pesquisa realizada com homens africanos, confirma que são os anticorpos da aids os que neutralizam a ação dos outros anticorpos que deveriam lutar contra a bactéria.

Veja também:

linkChina deve abolir lei que proíbe entrada de portadores do HIV 

 

Em um relatório publicado nesta quinta-feira, 22, pela revista americana "Science", os cientistas da Universidade do Alabama (EUA) afirmaram que a descoberta explica por que os portadores do vírus HIV têm uma alta taxa de mortalidade ao serem infectados pelos patógenos oportunistas da salmonela.

 

Além disso, eles previram que a descoberta poderia ajudar a criar vacinas mais efetivas contra o HIV e que também protegeriam contra a salmonelose de tipo não contagiosa.

 

A salmonelose de tipo não contagiosa causa vômitos e diarreias e é contraída através do consumo de alimentos infectados com a bactéria. Também pode provocar infecções na corrente sanguínea em pessoas com problemas em seu sistema imunológico, como os portadores do HIV ou crianças com malária, anemia ou desnutrição.

 

Em seu estudo, os pesquisadores determinaram que os portadores do vírus têm altos níveis de anticorpos contra a salmonela. No entanto, ao contrário do que ocorre nos adultos saudáveis, esses anticorpos não eliminam a bactéria.

 

Os anticorpos desses pacientes com o HIV, disseram os pesquisadores, impediam que o sistema eliminasse a bactéria da salmonelose ao ligar-se a uma estrutura de sua superfície com a qual bloqueavam a ação dos anticorpos.

 

"Achávamos que os pacientes de HIV eram mais suscetíveis às infecções bacterianas devido a deficiências em seu sistema de imunização. Mas neste estudo determinamos que, na realidade, o que causa o problema é o excesso de anticorpos", ressaltou o cientista Cal MacLennan, principal autor da pesquisa.

Mais conteúdo sobre:
aids salmonela pesquisa

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.