Petróleo é 'terapêutico'' no Azerbaijão

Especialistas locais acreditam que imersão em produto da região cure dores nas articulações

BBC Brasil, BBC

10 Janeiro 2011 | 19h27

O Azerbaijão, país na fronteira entre Europa e Ásia, é um grande produtor de petróleo, exportando milhões de barris a cada ano. O óleo negro é tão abudante que moradores do oeste do país começaram a usar o produto como tratamento para dores nas articulações.

O petróleo é mantido na banheira a 40 graus Celsius. Um spa local oferece, entre diferentes opções de tratamento, um banho de imersão em petróleo.

O paciente deve ficar no máximo dez minutos na banheira cheia de petróleo para não alterar seu ritmo cardíaco. Segundo funcionários do estabalecimento, o óleo é mantido na banheira a 40 graus Celsius.

Usuários descrevem a experiência como um banho quente e relaxante. Especialistas locais sustentam que o petróleo da região é rico em naftalina, químico que garante o poder de cura em casos de dores nas articulações. Mas cientistas ao redor do mundo alertam para o potencial cancerígeno da naftalina.

BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Mais conteúdo sobre:
banhopetroleoazerbaijão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.