Andrew Kelly/Reuters
Andrew Kelly/Reuters

Pfizer começa a testar vacina pneumocócica com dose de reforço contra covid-19

Participarão desse estudo 600 adultos, com mais de 65 anos, que já receberam as duas doses contra a covid há pelo menos seis meses

Redação, O Estado de S.Paulo

24 de maio de 2021 | 11h46

A Pfizer informou nesta segunda-feira, 24, que começou a realizar testes para avaliar a segurança e a eficácia da administração conjunta da vacina pneumocócica conjugada 20-valente da empresa (20vPnC) com uma terceira dose de seu imunizante contra o coronavírus.

Participarão desse estudo 600 adultos, com mais de 65 anos, que já receberam as duas doses contra a covid há pelo menos seis meses. 

A 20vPnC está sendo desenvolvida para ajudar a proteger adultos contra 20 serotipos responsáveis pela maioria das doenças pneumocócicas invasivas e pela pneumonia.

Antes se recomendava que as vacinas contra covid-19 fossem administradas sozinhas, mas, com base em experiências com outros tipos de vacinas, o Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos (CDC) disse que as vacinas contra covid-19 e outras podem ser administradas simultaneamente ou no mesmo dia.

Em dezembro, a Agência de Alimentos e Medicamentos dos EUA (FDA) aceitou para uma análise prioritária o pedido de licença da Pfizer para a 20vPnC em adultos de mais de 18 anos e estabeleceu uma data de ação para uma decisão em junho. A Agência Europeia de Medicamentos (EMA) aceitou o pedido de autorização de marketing da empresa para a 20vPnC dois meses depois./REUTERS

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.