Gabriel Monteiro/Agência O Globo
Gabriel Monteiro/Agência O Globo

Planos de saúde são obrigados a oferecer sites para clientes, diz nova regra da ANS

Portal deverá ficar disponível 24 horas por dia, sete dias por semana, para beneficiários e prestadores de serviços

Renata Okumura, O Estado de S.Paulo

31 de março de 2022 | 14h54

SÃO PAULO - Resolução publicada pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) no Diário Oficial da União nesta quinta-feira, 31, obriga as operadoras de planos de saúde a criar um portal corporativo sobre os serviços prestados aos usuários. O site deverá ter uma área destinada aos beneficiários e outra para a rede credenciada. Ainda conforme o documento, o portal deverá ficar disponível 24 horas por dia, sete dias por semana, para beneficiários e prestadores de serviços.

A área voltada aos clientes deverá conter a relação de produtos comercializados pela operadora, assim como dados atualizados da rede credenciada. Conforme o documento, todo o processo de implantação e utilização da troca de informações em saúde suplementar deverá ficar sob a responsabilidade de profissional técnico da operadora de planos. 

"Especificamente designado para facilitar, agilizar e coordenar os atendimentos à rede prestadora de serviços, que atuará como intermediador entre a operadora de plano privado de assistência à saúde e o prestador de serviço nas áreas de análises de contas e faturamento, bem como na área de informática", destacou a resolução.

A implantação do site pela operadora de planos será adotada de forma gradual, observando os seguintes prazos estipulados que começam a valer a partir da data da resolução:

  • Para operadoras de planos médicos com ou sem planos odontológicos: 3 meses acima de 100 mil beneficiários; 6 meses entre 10 mil e 99.999 clientes; 6 meses abaixo de 10 mil usuários.
  • Para operadoras exclusivamente odontológicas: três meses acima de 20 mil beneficiários; seis meses entre 5 mil e 19.999 clientes; 12 meses abaixo de 5 mil usuários.

O portal deverá ser organizado de forma didática e com apresentação de linguagem simples para os clientes.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.