Planos individuais poderão ter reajuste de 9%, prevê Abramge

Os planos de saúde individuais podem ser reajustados em até 9% neste ano. Essa é a expectativa da Associação Brasileira de Medicina de Grupo (Abramge). O porcentual do novo reajuste deve ser anunciado no próximo mês pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) e valerá para todos os planos assinados a partir de 1999. No ano passado, o reajuste dos planos de saúde individuais foi de 8,89%. De acordo com Arlindo de Almeida, presidente da Abramge, tudo leva a crer que o índice a ser definido pela agência se aproxime desse porcentual. Almeida acredita que o novo índice deve acompanhar o reajuste dos planos coletivos, negociados entre as empresas. A agência utiliza a média dos reajustes dos planos coletivos como parâmetro para definir o aumento dos planos individuais. ?É simplesmente uma opinião?, disse o presidente da Abramge. ?A ANS é a única que pode anunciar o valor?. Procurada pelo jornal O Estado de S. Paulo, a ANS informou que os técnicos da agência estão trabalhando no cálculo e o reajuste ainda não foi definido.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.