Polícia Federal prende falso médico em unidade de saúde da Paraíba

Ele foi contratado em junho de 2009 e, desde então, vinha exercendo irregularmente a profissão

Solange Spigliatti, do estadao.com.br

09 Abril 2010 | 10h36

Um falso médico, de 51 anos, foi preso em flagrante nesta quinta-feira, 8, pela Polícia Federal, no município de Imaculada, no Sertão paraibano. Ele foi contratado pela Prefeitura em junho do ano passado e, desde então, vinha exercendo irregularmente a profissão como médico plantonista.

 

Ele foi detido quando realizava atendimento ambulatorial na Unidade de Saúde da Família Santo Agostinho, no centro do município. Com o acusado foram apreendidos uma carteira do Conselho Federal de Química falsificada, blocos de receituários, carimbos com números de CRMs falsos e remédios de tarja preta.

 

As investigações começaram a partir de comunicação feita pela Procuradoria Jurídica do município. Segundo informações da Polícia Federal, somente para ontem estavam agendadas 16 consultas com o falso médico e sete já haviam sido realizadas.

 

O falso médico é natural de Minas Gerais e apresentava-se como tendo concluído o curso superior na Universidade Federal de Viçosa e a farta documentação apreendida no momento da prisão reforça a suspeita de prática irregular da Medicina.

Mais conteúdo sobre:
Policia Federal falso medico saude Paraiba

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.